Programação Rugby na SportTV

Programação Rugby na SportTV
(clique para consultar a programação)

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Máquina de melés

Povo sei que estamos em tempo de exames e entregas de trabalhos, como sabem eu próprio também tenho de entregar uma prova final de curso em fevereiro. No entanto acho que se coordenarmos a disponibilidade de todos, podemos terminar a máquina mais depressa do que o esperado e de uma forma eficiente.
Elaboro desde já algumas tarefas a executar:

1. Furar a máquina de modo a poder colocar o contraplacado (é necessário um berbequim forte o suficiente para perfurar aquele aço, assim como brocas propositadas para o efeito). Gostaria de saber se alguém tem a possibilidade de disponibilizar essas ferramentas;

2. Conseguir o contraplacado marítimo para ser furado de acordo com a planificação previamente feita;

3. Obter um orçamento para forrar o contraplacado marítimo de modo a que os gordos não se magoem muito quando "encostarem" os respectivos ombros na máquina;

Era óptimo que respondessem a este post indicando disponibilidade de horários para se coordenarem grupos para cumprir as tarefas. Se conseguirmos fazer estes 3 pontos temos a máquina pronta.
Já agora, se alguém souber de pessoas que possam emprestar uma carrinha para o transporte da máquina quando acabada era perfeito. Eu consigo arranjar, contudo está em Mangualde e não sei se o tamanho da caixa tem sequer 2.5m de comprimento.

Só mais um ultimo esforço pessoal, siga lá.

Nota: Em princípio não vou poder estar em Viseu na semana que vem.



10 mêlées:

Renato disse...

diz-me mais ou menos o berbequim que queres e o tamanho da broca que acho que sou capaz de arranjar!!
Quanto ao transporte depende do tamanho peso e da distância que a queres transportar. É que de pode dar de largura e não de comprimento. Dá-me estas informações e vou ver o que posso fazer!

Barros disse...

Gordo o CARALHO!!! Sou um homem bem constituido!!!A barriga é um aderço, neste caso, um lindo aderço!!!

prata disse...

Em relação à esponja, já falei com o Costa, acho que ja temos uma solução, mas ele é que percebe do assunto ele que diga...

Joao Carolino disse...

Renato a máquina tem 3m de comprimento.
Quanto ao berbequim, n te sei especificar já que n percebo muito desse tema. Sei é que precisamos de um berbequim potente para furar aço e de uma broca p o furar já que ha brocas específicas p isso. Os parafusos que acoplam o contraplacado à estrutura de aço têm 1cm de diâmetro portanto seria necessária uma broca com 1cm ou 1,1cm de diâmetro.

Prata se tiveres esponja e for compacta o suficiente entao penso que a podemos aproveitar. De qq modo é preciso na mesma levar ao estofador para ser forrada com Napa. Já agora, podes partilhar a tua solução?

prata disse...

Oh, pá tenho em casa um saco de placagem daqueles que trouxe de coimbra, está todo rasgado, a esponja disto parece-me boa.

Joao Carolino disse...

Parece-me bem. A esponja deve ser densa que baste já que serve os mesmos princípios que devem ser aplicados na máquina.
Temos é de ver se é suficiente. O saco de que tamanho é?

João Mateus disse...

Frito, de quanto contraplacado maritimo é preciso?

Joao Carolino disse...

Pa um contraplacado perto de 2cm de espessura era optimo já. De resto devemos precisar de uma tábua rectangular de 0.50m por 1.41m

prata disse...

È um saco de Placagem (chouriço)... Deve chegar nao??

Joao Carolino disse...

Chega de certeza pá. Nós já falamos melhor no treino, até já ;)